Rua Marilia, 40 | São Paulo - BRA
+ 55 11 98300-6511

6 Cuidados ao escolher imagens para redes sociais

Temos pouco tempo e oportunidade para impactar e comunicar o que precisamos. Todo o planejamento, pesquisa e conteúdo desenvolvido é só uma gota no mar de conteúdo que são as timelines e histories de quem precisamos alcançar. Temos que ser certeiros no planejamento de um post. E como fazer isso de maneira eficiente, continua sendo uma ciência inexata. Mesmo dentro de um público alvo ou persona, o comportamento e percepção continua muito individual.
Alguns cuidados podem diminuir a margem de erro. Vamos a eles:

 

#1 Make it Bigger

Às vezes pode ser uma boa ideia mostrar tudo que temos e oferecemos num só post. Isso pode transmitir a grandiosidade do que oferecemos, mas na maioria das vezes não é uma ideia que se resolve tão bem visualmente. A questão é que quando usamos várias pequenas imagens diluímos a atenção do observador. O nosso leitor olha para tudo aquilo e não sabe bem para onde olhar… tudo pequeno, tudo apertado, tudo confuso. Uma solução mais adequada pode ser usar uma única imagem mais assertiva. A mensagem é mais clara

 

#2 Mais vida, mais empatia

Como somos um bando de pessoas de humanas não temos tanta dificuldade de nos identificar com algumas imagens, estamos explodindo de criatividade. Não é assim para todo mundo e definitivamente não vai ser assim com o nosso público. Quando usamos figuras humanas e bichinhos, conseguimos gerar mais empatia. Na prática isso significa que o seu cliente tem maior probabilidade de se imaginar naquela situação ou usando aquele produto e então ficar receptivo ao conteúdo que estamos oferecendo. Ele entende que aquilo é para pessoas como ele e, por tanto, deve ser interessante.

 

#3 Enquadramento

As dimensões de imagens ideais variam de acordo com a plataforma e, graças ao Facebook, estão mudando o tempo todo. Esse post já pode estar velho amanhã mas por enquanto, o formato quadrado ainda transita bem entre elas. Escolher uma imagem em que o conteúdo consiga se posicionar bem no recorte pode evitar algumas dores de cabeça. Tenha coração: evite cortar cabeças, pés e braços.

 

#4 Contexto

Pode parecer óbvio mas é bom relembrar que a sua imagem deve se comunicar com seu público e suas aspirações. Esse cuidado tem que ser redobrado porque usamos bancos de imagens internacionais onde as pessoas têm feições, roupas e costumes diferentes dos brasileiros. Além disso, alguns cuidados como estação do ano, etnia, faixa etária, classe social e até relevo são importantes. Imagine só um post sobre uma universidade em Minas Gerais ilustrado por um casal adulto andando na praia (em MG não tem praia, espero que saibam), ou então uma moça toda agasalhada em um post sobre inscrição de cursos de verão? Não vai ornar muito, certo!? Vamos ficar atentos

 

#5 Espaço para texto

Se a sua publicação precisa de um texto sobre a imagem, lembre-se disso durante a escolha da fotografia ou ilustração. Nem sempre a identidade da marca permite um box ou uma inserção de fundo para deixarmos o texto a salvo: bonito e legível. Se possível, procure imagens com espaços lisos e com menos detalhes para não ter problemas de leitura.

 

#6 Direcione o olhar

É difícil prever o que exatamente vai chamar a atenção de cada leitor, mas algumas ferramentas já ajudam a desvendar um pouco do mistério. Com uso de Eye-tracking é possível estabelecer alguns padrões de comportamento que podem ser adotados a nosso favor.

Já foi dito que utilizar mais vida nas nossas imagens ajuda bastante. Uma característica ainda mais específica é que o olhar, a linguagem corporal e o posicionamento das figuras podem influenciar na leitura. Nessa técnica as manchas de calor indicam locais em que o olho do observador repousou por mais tempo. Nessas duas imagens abaixo, por exemplo, é possível identificar que o ponto de atenção do olhar do bebê é também o maior ponto de atenção detectado pela ferramenta de eye-tracking. Na imagem do comercial de cosmético capilar a modelo permanece no mesmo lugar e apenas o posicionamento do olho é alterado.


Kissmetrics e Human Factors

 

Bônus

Dois bancos de imagens lindões e gratuitos para ajudar no dia a dia

 

 

Se tiver mais dicas, deixa aqui nos comentários que todo mundo sai ganhando <3

Leave a comment