Rua Marilia, 40 | São Paulo - BRA
+ 55 11 98300-6511

3 passos para anunciar no LinkedIn e gerar resultados para seus negócios

Você usa o LinkedIn para prospecção de novos negócios? Quer atingir potenciais clientes e consumidores qualificados para ouvirem sua mensagem? O LinkedIn Ads é uma excelente maneira de aumentar a visibilidade e gerar leads (contatos) para seus negócios. Neste artigo vamos explicar os diferentes tipos de LinkedIn Ads e dar o passo-a-passo de como configurar seus anúncios para atingir a audiência ideal para seus objetivos.

Por que LinkedIn Ads?

Não importa qual seja o seu ramo de indústria: é bem provável que seu público alvo esteja no LinkedIn. A plataforma tem mais de 350 milhões de usuários e é integrada quase que inteiramente por pessoas de negócios. Então, por que não usar os anúncios como uma maneira de atingir as melhores prospecções? Anúncios aumentam sua visibilidade e melhoram seu posicionamento para que sua empresa entre no patamar “conheça, goste e confie”.

A forma ideal para pequenas e médias empresas (PMEs) é produzir conteúdo patrocinado (similar aos anúncios do Facebook ou twitties patrocinados do Twitter), e anúncios em texto (semelhante aos custo por clique –CPC- do Google ou o Facebook Ads).

Enquanto os anúncios no LinkedIn Ads tendem a ser mais caros do que em outras plataformas, o investimento pode valer a pena se você usar opções específicas para atingir seu alvo (empresas, cargos, educação, entre outros) e fazer micro campanhas (em vez de fazer uma grande campanha que atinja 50 mil pessoas, melhor fazer 50 micro campanhas que atinjam 1000 pessoas cada). Tal prática reduz custos, é mais fáceis de monitorar e dá mais visibilidade.

Quando você faz anúncios em formato de texto, use o Custo por Mil Visualizações (CPM). Esses anúncios são bons para geração de leads. Por exemplo, você pode fazer uma oferta de algum conteúdo relevante para incentivar a pessoa a entrar no seu funil de marketing. Uma vez que a pessoa passa a conhecer você por conta de suas atualizações patrocinadas, ela terá mais chances de clicar no seu link – e então, você terá esse lead em seu funil de vendas.

1)   Primeiros passos

Para fazer um anúncio no LinkedIn, é necessário ter uma página da sua empresa. É bem fácil de criar e configurar:

Clique em  Interesses > Empresas.

Na página seguinte, clique no botão “Criar” na área “Crie uma Company Page”.

Coloque o nome de sua empresa e um e-mail corporativo e clique em “Continuar”. Faça o upload dos logotipos e conteúdos principais relacionados ao seu negócio, e pronto!

Para começar a criar anúncios, vá para a página do LinkedIn Publicidade Clique em “Gerenciar Anúncios” para começar e selecione o anúncio que você quer criar.

2)     Configure um Anúncio

LinkedIn_ads1
Escolha a opção “Sponsored Updates”, dê um nome específico para a campanha e selecione o conteúdo relevante que você quer patrocinar.

Para configurar um anúncio, clique em “Criar campanha” no botão superior à direita. Em seguida, digite um nome para sua campanha.

Selecione “Sponsored Updates”, dê um nome específico para a campanha, escolha o idioma “Português e, em seguida, a página da empresa que você quer montar anúncio. Se você gerencia páginas de várias empresas, você terá várias opções para selecionar.

LinkedIn_ads2
Escolha o conteúdo que você quer patrocinar.

Você pode criar um anúncio de 600 caracteres e inserir uma imagem, e é possível visualizar como ficaria o seu anúncio para o usuário final. Em seguida, selecione o conteúdo que você deseja patrocinar e clique em “Patrocinar item selecionado”.

LinkedIn_ads3
É possível visualizar uma prévia do seu anúncio do LinkedIn.

Hora de escolher o público alvo. Escolha sua audiência – o mínimo que você tem que selecionar é a localização desse público. Seja o mais específico possível.

Você pode configurar por Nome, Setor ou Tamanho da empresa. Foque em Cargo, Função, Nível de Experiência e Áreas de estudo. Por exemplo, se você quer atingir profissionais de marketing como público alvo, mas não quer que seus competidores vejam seu anúncio, você pode excluir uma empresa ou várias empresas em específico. Se quer aumentar sua lista do mailing, mas não quer que algumas pessoas com alguma habilidade específica clique em seu conteúdo (seja porque é muito difícil ou simples demais para esse público), elimine o público que possua tais habilidades.

 

Existem muitas opções para você configurar seus anúncios no LinkedIn. Crie campanhas bem segmentadas.

Você também verá uma opção chamada “Ampliação de público”. É uma boa ideia deixá-la desmarcada para manter seus anúncios no alvo que você pretende. De acordo com o LinkedIn, “habilitar essa funcionalidade pode aumentar o alcance das campanhas incluindo membros similares ao público que você selecionou.” Teste seu anúncio por uma semana mais ou menos sem essa opção, e se você não ver os resultados que pretendia, edite seu anúncio e selecione a opção “Ampliação de público”.

Uma vez que você escolheu sua audiência, é a hora de fazer o pagamento. Como mencionado antes, selecione Custo Por Clique (CPC) nos anúncios se o seu objetivo for reconhecimento de marca (brand awareness). Custo por Impressão (CPM) normalmente custa de três a quatro vezes mais do que CPC.

Comece com o lance mínimo.  Se você não tiver conseguindo os resultados que pretende, atualize e aumente o seu gasto para algo entre o lance mínimo e o lance sugerido. Em seguida, configure o seu orçamento diário. O mínimo é de R$ 51,48. Não se esqueça de colocar a data final para rodar os anúncios.

Olhe a campanha sempre que possível, para fazer os ajustes, se necessário. Você pode editar uma campanha que já está rodando, bem como limpar as métricas e iniciar a campanha novamente, o que é bem simples de ser feito.

Para alterar uma campanha, primeiro encerre a campanha atual. Então volte para o Gerenciador de Campanhas e duplique a campanha com um valor diferente e público alvo – ou comece uma nova campanha.

3)   Configure uma campanha de texto – Text Ads

LinkedIn_ads6

Para configurar uma campanha em texto, clique em “Criar um anúncio em Text Ads” e nomeie sua campanha. Você não precisa escolher uma empresa para esse tipo de anúncio.

Ambiente de criação de anúncios do LinkedIn.
Ambiente de criação de anúncios do LinkedIn.

Para um Text Ad, você precisa adicionar uma imagem de 50×50, um título com até 25 caracteres e descrição de conteúdo em até 75 caracteres. Como o espaço para imagem é muito pequeno, quanto mais simples for a imagem, melhor. Também tenha cuidado com a linguagem usada. Assim como no Facebook, você não pode usar todas as letras maiúsculas. Por exemplo, usar a palavra “GRÁTIS” possivelmente fará com que seu anúncio seja reprovado.

Em seguida, insira para onde os usuários serão direcionados quando clicarem no seu anúncio, que pode ser em uma página do LinkedIn (como a página de sua empresa) ou uma URL – um endereço externo.

Escolha sua audiência e pague pelo anúncio. Para um Text Ad, você pode pagar por impressões (CPM), se o seu objetivo é ter mais cliques. Você pode usar os Text Ads para aumentar o número de pessoas que entram no seu funil.

Para um anúncio de texto, nomeie sua campanha e faça Upload com os detalhes da mesma.
Ambiente de pagamento do anúncio

 

Você pode fazer até 15 variações de um mesmo anúncio. É possível mudar a imagem, título, texto e destino. Por exemplo, use uma mesma imagem três vezes com três títulos diferentes, use imagens diferentes com o mesmo título, etc.

Quando você publicar seu anúncio, o LinkedIn vai divulgar todas as variações criadas, e você pode ver quais foram as mais bem sucedidas nas métricas. E o LinkedIn é muito bom em métricas: você pode analisá-las por valor gasto, cliques, impressões, CTR (número de cliques dividido pelo número de impressões), média de custo por clique e ações nas mídias sociais.

LinkedIn_ads8
Os resultados dos anúncios no LinkedIn são precisos.

Comentários finais

É verdade que os anúncios do LinkedIn costumam ser mais caros do que o Facebook Ads ou os Twitties patrocinados. Ainda assim, você consegue ver resultados muito positivos se conseguir acertar sua estratégia.

Tente patrocinar conteúdos e anúncios de texto, e experimente com diferentes conteúdos e públicos alvo para ver qual funciona melhor.

E você, usa LinkedIn Ads? Qual opção funciona melhor? Você costuma usar o formato Custo por Clique (CPC) ou Custo por Impressão (CPM)? Compartilhe seus comentários em nosso blog! 

Quer saber mais sobre LinkedIn? Baixe nosso e-book gratuito: LinkedIn – a rede certa para ampliar os negócios

Fonte: Social Media Examiner

 

Related Posts

Leave a comment